Após 17 meses, programa dos 50 anos do 25 de Abril só será aprovado em Janeiro

Comissão Nacional reuniu-se pela primeira vez nesta segunda-feira. Demora no arranque não põe em causa atribuição de verbas e já foram feitas diversas iniciativas.

Foto
A Comissão Nacional reuniu-se pela primeira vez na passada segunda-feira DR

O atraso na convocatória da primeira reunião da Comissão Nacional do 50º aniversário das comemorações do 25 de Abril leva a que só em Janeiro seja fechado o programa. Apesar desta demora, as iniciativas têm-se sucedido. Foi nesta segunda-feira, 21 de Novembro, que a Comissão Nacional, presidida pelo Presidente da República, se reuniu pela primeira vez, em Belém. Neste encontro, compareceram os “sete magníficos”, como na gíria do protocolo é apelidado o topo da hierarquia do Estado – Presidente da República, presidente da Assembleia da República, primeiro-ministro e presidentes dos quatro tribunais superiores (Constitucional, Supremo, Administrativo e de Contas) -, a que se juntaram o ministro da Cultura, com a tutela das comemorações, Vasco Lourenço, em representação da Associação 25 de Abril indicado pelo Governo, e a comissária Maria Inácia Rezola.

Sugerir correcção
Comentar