“Se a minha filha mais velha fosse um rapaz, talvez eu visse algum futuro”

São mais de meio milhão de mulheres a viver sob a sharia. Algumas casam ainda crianças, outras sofrem abusos dos maridos. Nos campos de refugiados rohingya, a luta pela igualdade está ainda a começar.

Foto
Peter Biro/UE/ECHO

O ciclone Sitrang aproxima-se. Nos postes, duas bandeiras vermelhas com quadrados pretos ao centro avisam da força da tempestade. Pior, só quando içarem a terceira. As palmeiras abanam, o céu está fechado, há muita agitação nas ruas. Homens andam de megafone em punho avisando quem passa para ficar abrigado. Reforçam-se pontes e caminhos onde possa haver algum deslizamento de terras.

Sugerir correcção
Ler 13 comentários