Comandantes militares brasileiros condenam manifestações bolsonaristas

A nota conjunta dos chefes dos três ramos das Forças Armadas inclui também recados para o sistema judicial.

Foto
Cerca de 500 camiões de apoiantes de Jair Bolsonaro estão concentrados junto ao Estado-Maior-General das Forças Armadas em Brasília JOEDSON ALVES/EPA

Numa nota conjunta divulgada esta sexta-feira, os comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica brasileiros condenam os actos antidemocráticos e os apelos a um golpe militar que se seguiram à derrota do Presidente Jair Bolsonaro na segunda volta das eleições. O comunicado, porém, também está recheado de recados indirectos ao sistema judicial.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários