Atraso no concurso obriga Estado a negociar extensão de contratos do SIRESP

Prazo limite para apresentação das propostas termina na próxima semana, após adiamento de semanas. Concurso tem que terminar até final deste ano, o que é quase impossível, dizem vários candidatos.

Foto
SIRESP já custou mais de 500 milhões de euros ao Estado Daniel Rocha

O Estado já está a negociar com parceiros privados do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) para que estes continuem a fornecer, depois de 31 de Dezembro e de forma temporária, os serviços que permitem o funcionamento da rede que assegura as comunicações entre diversas entidades, como polícias, bombeiros e INEM.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários