Xoan Mao: “Se a relação fosse boa, Espanha não poria entraves nas prioridades de Portugal”

O secretário-geral do Eixo Atlântico lamenta que Pedro Sánchez esteja a desprezar a Galiza ao não priorizar a ligação ferroviária de alta velocidade Porto-Vigo.

Foto
O secretário-geral do Eixo Atlântico lamenta que Espanha não tenha uma estratégia e não dê prioridade à Galiza DR

Com três décadas de existência, o Eixo Atlântico une 39 cidades do Norte de Portugal e da Galiza (e mais três estão a caminho) em projectos de desenvolvimento comum. Para analisar o contexto das relações ibéricas, o PÚBLICO conversou com o galego Xoan Mao, secretário-geral do Eixo Atlântico, na antecâmara da cimeira ibérica desta sexta-feira.

Sugerir correcção
Ler 22 comentários