IL insiste na taxa única de IRS de 14,5%, mas com compensação nos escalões mais altos

Proposta de alteração ao OE2023 dos liberais prevê a taxa de 48% para os rendimentos acima de 26.665 euros.

Foto
Carlos Guimarães Pinto é deputado da Iniciativa Liberal MIGUEL A. LOPES

Depois das sucessivas críticas de que o esquema de taxa única de IRS iria fazer com que os escalões dos rendimentos mais altos beneficiassem de uma redução do IRS, a Iniciativa Liberal reformulou a sua proposta e apresenta agora uma nova versão para o Orçamento do Estado para 2023 que implica uma taxa marginal de 14,5% para o rendimento colectável até 26.665 euros e de 48% para os rendimentos superiores.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários