Universidades e politécnicos vão ter 7 milhões de euros para combater abandono escolar

Verba destina-se a financiar programas de acompanhamento dos estudantes do primeiro ano e melhoria da qualidade do ensino. Governo quer que as instituições saibam mais cedo quando os alunos desistem.

Foto
No ano passado, a taxa de desistência entre os alunos de licenciatura, no final do primeiro ano do respectivo curso, fixou-se em 10,8% Nelson Garrido

As universidades e politécnicos públicos vão ter à sua disposição 7 milhões de euros para criarem programas de combate ao abandono e de promoção do sucesso escolar. A iniciativa é apresentada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) durante um seminário que acontece esta sexta-feira, em Braga, onde a tutela vai mostrar “bons exemplos” de iniciativas criadas pelas instituições de ensino nesta área. Entre as prioridades, está a criação de mecanismos que permitam conhecer mais cedo quando os alunos desistem dos estudos.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários