Nobel da Química de 2022 para a simples e eficaz química do clique

Prémio foi anunciado esta quarta-feira na Suécia. Carolyn R. Bertozzi, Morten Meldal e K. Barry Sharpless são os grandes distinguidos. É já a segunda vez que Barry Sharpless recebe o Nobel da Química.

Foto
Distinção tem um valor de dez milhões de coroas suecas (986 mil euros) DR

O Prémio Nobel da Química de 2022 foi atribuído a Carolyn R. Bertozzi, Morten Meldal e K. Barry Sharpless “pelo desenvolvimento da química do clique e da química bio-ortogonal”, anunciou esta quarta-feira o comité do Nobel no Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia. Os três contribuíram para uma engenhosa ferramenta de construção molecular, destacou-se na conferência de imprensa.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários