Fotografia

São torres de carne e osso e chegam aos 13 metros de altura

A cidade espanhola de Tarragona recebeu, este domingo, mais uma edição do Concurs de Castells, uma competição em que várias pessoas formam torres humanas para conseguirem arrecadar o prémio de 16 mil euros.

Elementos de uma equipa começam a formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona. EPA/Enric Fontcuberta
Fotogaleria
Elementos de uma equipa começam a formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona. EPA/Enric Fontcuberta

A cidade de Tarragona, em Espanha, foi palco, este domingo, da maior competição de torres humanas (castells), com cerca de 11 mil espectadores a circundar a Tarraco Arena Plaza para assistir à famosa tradição catalã, em que várias pessoas se juntam em equipas para construir torres humanas.

O Concurs de Castells de Tarragona, que esteve em pausa durante dois anos devido à pandemia por covid-19, regressou este ano para a 28.ª edição. Quarenta e uma equipas tentaram criar a mais alta e complicada torre para assim arrecadarem o prémio de 16 mil euros, entregue este ano à equipa Vilafranca, que apresentou uma torre com 13 metros de altura. 

O concurso conta com a participação pessoas de todas as idades, incluindo crianças e jovens: “Sem as crianças não haveria castells. Os rapazes e raparigas mais jovens são os que têm de subir até ao topo e têm de coordenar as torres, e esta é uma parte essencial”, refere Anna Jordand, psicóloga desportiva e líder de uma equipa da competição, à agência Reuters.

Esta tradição remonta ao século XVIII e actualmente faz parte da lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco, sendo considerada uma “parte integrante da identidade cultural” da Catalunha.

Elementos de uma equipa começam a formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona.
Elementos de uma equipa começam a formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona. EPA/Enric Fontcuberta
Uma equipa celebra depois de conseguir formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona.
Uma equipa celebra depois de conseguir formar uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona. Reuters/ALBERT GEA
Uma equipa forma uma torre humana durante o Concurs de Castells, em Tarragona.