Obras inéditas de Bordalo II em exposição a solo em Lisboa com entrada gratuita

Em Evilution , o artista plástico quer enviar um alerta à sociedade que continua a produzir excesso de lixo. Mostra vai estar patente entre 8 de Outubro e 11 de Dezembro.

Foto
MIGUEL A. LOPES/LUSA

Evilution, que nasce de um trocadilho entre “evolution”, ou evoluir em português, e “evil”, mal, foi o título escolhido pelo artista português Bordalo II para a sua exposição a solo (no Edu Hub Lisbon , em Lisboa, de 8 de Outubro a 11 de Dezembro). É também um alerta para uma sociedade que se diz evoluída mas produz lixo em excesso, desperdícios que acabam por ser a matéria-prima do trabalho deste artista que começou pelo graffiti ou arte urbana.

“A forma como nós, enquanto sociedade e Humanidade, temos evoluído é, em muitos aspectos, negativa, quase diabólica. Daí o trocadilho”, explicou Bordalo II em declarações à Lusa, durante a montagem da mostra.

Nos últimos anos, o artista Artur Bordalo (Bordalo II - o primeiro era o avô, o artista plástico Real Bordalo) tem espalhado pelo mundo Big Trash Animals ("Grandes Animais de Lixo"), retratos de animais feitos com aquilo que os destrói.

Sobre Evilution, Bordalo II adianta que o público vai ver novas obras de séries mais conhecidas, como Small trash animals e Big trash animals, e “também uma grande variedade de novas séries de trabalhos - com materiais provenientes dos sítios onde é destruído o habitat dos animais, muitas vezes para exploração intensiva”. Segundo o artista, o corpo de trabalho apresentado na exposição “acaba por ser uma evolução, ou uma ‘ivolução'”, daquilo que “andava a fazer antes”, mas “com utilização de outros materiais ou uma diferente organização destes, e mesmo a utilização do espaço público”.

“Muitas vezes este tipo de trabalho é trazido do espaço público para dentro da galeria, do museu ou da instituição. Neste caso, agarrámos nalgumas peças da última série e levámo-las de volta para a rua”, explicou.

Encontrar desperdícios para criar, “infelizmente, continua a ser fácil”, alerta Bordalo II. “Mesmo mudando o material, existe uma grande diversidade de coisas que podem ser utilizadas, o que é interessante do ponto de vista artístico e é triste do ponto de vista da vida”, afirmou.

Evilution tem entrada gratuita e pode ser visitada de quarta-feira a domingo, entre as 14h e as 20h, sendo a última entrada às 19h.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários