Chega agradece ao PSD a “normalização” e anuncia que Montenegro prepara o futuro

A previsível aliança com o “normalizado” Chega vai alienar o centro e dar mais oportunidades ao PS no futuro, por muito que este Governo já pareça ser “a casa da Joana”, onde cada um fala para o seu lado.

Fui muito ingénua no congresso do PSD. Acreditei que, apesar dos ziguezagues patéticos com que Luís Montenegro nos brindou durante a campanha eleitoral sobre o Chega, o novo líder tencionava pôr o PSD a afastar-se do partido de André Ventura. Oh, a minha santa ingenuidade. Afinal, aquelas palavras de Montenegro que registei no congresso do Porto valiam tanto como os jornais em papel no dia seguinte – nem para forrar o balde do lixo já servem, como acontecia nos anos 70/80.

Sugerir correcção
Ler 42 comentários