Como ajudar a minha filha a lidar com a sua primeira grande separação?

William Shakespeare escreve em Macbeth: “Dai palavras à dor. Quando a tristeza perde a fala, sibila ao coração, provocando de pronto uma explosão”.

Foto
DR/Milada Vigerova

A minha filha de 17 anos está a viver a sua primeira grande separação de uma relação romântica. Ela namorou casualmente antes disso, mas esta relação foi definitivamente a um nível mais profundo do que as anteriores. Ela está extremamente perturbada com a separação, e embora tenha sido o resultado de uma conversa que iniciou, não foi o resultado que ela queria. Como é que a apoio? Como saber até onde o sofrimento é normal e quando não é? Ela está completamente descarrilada com isto e não consegue concentrar-se na escola ou em qualquer outra coisa, mas isso aconteceu há apenas alguns dias.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários