Em Castelo Branco, no encalço da água e do céu (de granito)

Confessamos: perseguimos compulsivamente a água em Castelo Branco e por isso fomos a uma piscina-praia e acabámos quase a dissecar uma ribeira. Entre as descobertas e paisagens de tirar o fôlego, ainda tivemos tempo de caminhar na história e acelerar em pista.

natureza,passeios,beira-baixa,castelo-branco,fugas,ambiente,
Fotogaleria
A piscina-praia de Castelo Branco abriu em 2004 e já ultrapassou um milhão de visitantes Teresa Pacheco Miranda
Zona ribeirinha
Fotogaleria
Por terras de Castelo Branco, não faltam recantos de água Teresa Pacheco Miranda
natureza,passeios,beira-baixa,castelo-branco,fugas,ambiente,
Fotogaleria
Por terras de Castelo Branco, paisagens de tirar o fôlego Teresa Pacheco Miranda
natureza,passeios,beira-baixa,castelo-branco,fugas,ambiente,
Fotogaleria
Por terras de Castelo Branco, paisagens de tirar o fôlego Teresa Pacheco Miranda
natureza,passeios,beira-baixa,castelo-branco,fugas,ambiente,
Fotogaleria
Por terras de Castelo Branco, paisagens de tirar o fôlego Teresa Pacheco Miranda
Fotogaleria
No Parque Natural do Barrocal Teresa Pacheco Miranda
Fotogaleria
No Parque Natural do Barrocal Teresa Pacheco Miranda
Fotogaleria
Castelo Branco - Jardim do Paço Episcopal Teresa Pacheco Miranda
Água
Fotogaleria
Praia fluvial do Sesmo, uma das aldeias da freguesia de Sarzedas Teresa Pacheco Miranda
Fotogaleria
Praia fluvial do Sesmo, uma das aldeias da freguesia de Sarzedas Teresa Pacheco Miranda
,Praia
Fotogaleria
De volta à Praia-piscina de Castelo Branco Teresa Pacheco Miranda
Fotogaleria
Por terras de Castelo Branco, paisagens de tirar o fôlego Teresa Pacheco Miranda

Castelo Branco é vaidosa e gosta de exibir-se - para garantir que todos se revêem no seu espelho, até instalou selfie spots. O primeiro que vemos é dentro do castelo e pensamos que é uma curiosidade, depois percebemos que estão por todo o lado, do centro da cidade às praias fluviais até ao topo da serra da Gardunha - aí não há só um selfie spot, há um dos baloiços que nos últimos anos teimam em coroar as paisagens portuguesa: não há como escapar ao pedido (exigência?) de selfies.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários