Era uma vez em Braga. Mosteiro de Tibães torna-se a catedral dos contadores de histórias

Oiçam bem: por dois dias em Setembro, o festival Ouvidoria vai dar muito que falar. Por Braga, dias 10 e 11, haverá dezenas de contadores de histórias, actores, artistas, animadores. Tudo o que é preciso é levar a imaginação em ebulição e pronta a voar. Aceso livre.

Foto
No parque do Mosteiro de Tibães há gigantes que alimentam histórias, caso do mais alto pinheiro de Portugal Nelson Garrido

“O monumental e emblemático mosteiro irá tornar-se o epicentro de histórias, contos, sons, gestos e imagens” no Ouvidoria, a decorrer em Tibães dias 10 e 11 de Setembro, anuncia a autarquia de Braga em comunicado.

É a primeira vez que se realiza este Encontro de Contadores de Histórias de Braga, cujo baptismo apelativo, Ouvidoria, é “inspirado no nome de uma das salas mais enigmáticas do mosteiro.” Precisamente o local em que noutros tempos o abade de Tibães recebia e ouvia os moradores julgados em causas cíveis e por pequenos crimes.

Sem crimes à vista – tirando os que façam parte de contos e lendas, claro, o evento pretende tornar o Mosteiro de Tibães, pelo menos por dois dias, na “catedral” dos contadores de histórias. Haverá cerca de meia centena de actividades, entre oficinas artísticas, sessões de contos, interpretações, espectáculos, contos de terror, magia, peças de teatro, exposições, jogos e circuitos por toda a área do monumento.

Entre os nomes confirmados estão os “melhores narradores e contadores de histórias do país”. Por aqui, poderemos ver e ouvir Cristina Taquelim, Ana Sofia Paiva, Bru Junça, Clara Haddad, Estefânia Surreira, Kiara Terra, Rodolfo Castro, Cândida da Luz, Paulinha Lapas, Inácia Cruz, Rosa Gonçalves, O Som do Algodão, Thomas Bakk ou Historioscópio.

Pretendendo ser um encontro entre gerações, é garantido que não faltarão motivos para dar asas à imaginação por todos os “recantos íntimos e encantadores” do mosteiro.

“Desde os mais pequeninos até aos mais graúdos”, o Ouvidoria não deixará “ninguém de fora” durante este fim-de-semana especial, escolhido por ser precisamente “uma excelente oportunidade para reunir a família e os amigos” antes do regresso às aulas.

Mosteiro de Tibães nelson garrido
Mosteiro de Tibães nelson garrido
Mosteiro de Tibães nelson garrido
Mosteiro de Tibães nelson garrido
Fotogaleria
nelson garrido

Todas as actividades serão de acesso livre e por ordem de chegada, com a lotação limitada ao espaço de cada uma das actuações previstas”, informa-se. Organizado pela autarquia, o Ouvidoria é produzido pela Leituras Encantadas e tem curadoria de Pedro Seromenho.

Mais informações no site da câmara e no Facebook do Ouvidoria

Sugerir correcção
Ler 1 comentários