PSP investiga ajuda de No Name Boys a hooligans em Guimarães. Quem são e como evitaram a polícia?

Membros da Torcida Split, a claque mais antiga no continente europeu e com ligações aos No Name Boys, viajaram até Guimarães para causar distúrbios. PSP admite que desconhecia movimentações destes hooligans até chegada à cidade minhota. MP abre inquérito.

Foto
No Name Boys têm ligação com claque Torcida Split Hugo Delgado/Lusa

Evitaram entrar em Portugal através do aeroporto Francisco Sá Carneiro, utilizaram viaturas descaracterizadas e conseguiram escapar ao controlo das autoridades até chegarem a Guimarães para provocar distúrbios. Na noite desta terça-feira, 154 adeptos com ligações aos croatas do Hajduk Split — 23 dos quais portugueses — vandalizaram esplanadas e semearam o pânico na cidade minhota, em véspera de jogo para a Liga Conferência Europa.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários