Número de sem-abrigo cresce no Porto: são 730 pessoas

Dados mostram aumento de 140 pessoas a viver nas ruas ou em abrigos entre Dezembro de 2020 e Dezembro de 2021. Câmara do Porto preocupada, mas não surpreendida, pede maior intervenção dos municípios vizinhos

Foto
Só nas ruas do Porto havia mais 39 pessoas em Dezembro de 2021, comparativamente com Dezembro de 2020 Adriano Miranda

Em Dezembro de 2021 havia 231 pessoas a viver nas ruas do Porto e 499 a viver em centros de acolhimento, apartamentos partilhados ou quartos de pensões. No total, são 730 pessoas em situação de sem-abrigo (sem-tecto e sem casa), o que representa um crescimento de 140 (mais 39 a viver nas ruas e 101 em abrigos) face a Dezembro de 2020. Os dados provisórios entristecem, mas não surpreendem o vereador com o pelouro da acção social da Câmara do Porto, Fernando Paulo, que sublinhou o trabalho “muito bem organizado” do NPISA Porto - Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo do Porto: “Se não tivéssemos este trabalho, estes números poderiam ser três ou quatro vezes piores”, disse aos jornalistas no final da reunião privada no executivo desta segunda-feira.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários