Garra espanhola sobressai na relva de Wimbledon

Emma Raducanu volta a ganhar em Wimbledon, onde o ano passado foi uma grande surpresa no torneio feminino.

Foto
O espanhol Alejandro Davidovich Fokina foi mais forte que Hubert Hurkacz NEIL HALL/EPA

Hubert Hurkacz, actual décimo no ranking mundial, anunciou ir doar 100 euros por cada ás que fizesse em Wimbledon para ajudar a população da Ucrânia. O polaco vinha de um triunfo no ATP 500 de Halle, em relva, onde somou 65 ases, pelo que as expectativas eram altas, mas, infelizmente, a doação ficou-se pelos 2100 euros, já que foi eliminado em cinco sets pelo espanhol Alejandro Davidovich Fokina. Mas pode queixar-se de… Halle. É que todos os vencedores do torneio alemão desde 2011, com excepção de Roger Federer, perderam na ronda inicial de Wimbledon; o polaco foi o sexto a ser vítima dessa “maldição”.

Sugerir correcção
Comentar