“Se Taiwan for conquistada será uma rampa de lançamento para a projecção de poder da China no Indo-Pacífico”

Presidente do Center for Advanced China Research fala das diferenças e semelhanças entre a invasão da Ucrânia e o caso de Taiwan, diz que Xi “quer que a reunificação aconteça durante a sua liderança” e não desvaloriza as palavras de Biden sobre intervenção dos EUA em caso de invasão da ilha.

Foto
“Geoestrategicamente, Taiwan é um bloqueio às ambições chinesas”, diz David Gitter ANN WANG/Reuters

“Um think tank típico de Washington D.C.”, que procura “ajudar a compreendermos melhor o Governo, a política interna e a política externa da China”. É desta forma que David Gitter descreve o Center for Advanced China Research (CACR), a organização norte-americana sem fins lucrativos na qual é presidente e fundador, e que dedica grande parte do seu tempo a ler, a analisar e a interpretar os discursos do Presidente Xi Jinping e os documentos oficiais do Partido Comunista Chinês (PCC).

Sugerir correcção
Ler 24 comentários