Frans Timmermans: “Sem redução de pesticidas teremos uma crise alimentar na Europa”

O socialista neerlandês Frans Timmermans, vice-presidente executivo da Comissão Europeia, é o rosto de uma política verde que divide os governos e a própria Comissão Europeia. Depois de vários adiamentos, a proposta de lei para a redução obrigatória de pesticidas vai ser apresentada esta quarta-feira.

Foto
Frans Timmermans, vice-presidente da Comissão Europeia Reuters/VINCENT KESSLER

A União Europeia planeia reduzir a utilização de pesticidas para metade até 2030, no âmbito da sua ambiciosa estratégia “Do prado ao prato” (Farm to fork, ou F2F, como é conhecida internacionalmente). A polémica lei será finalmente apresentada em Bruxelas amanhã, quarta-feira, após um atraso de três meses, e será o primeiro regulamento vinculativo da UE que obriga os agricultores a reduzir o uso de produtos químicos. É visto por muitos como um passo crucial para enfrentar a responsabilidade europeia na crise climática global.

Sugerir correcção
Ler 29 comentários