Coligação de Emmanuel Macron perde maioria absoluta nas legislativas

Abstenção deverá situar-se nos 54%, aumentando face à verificada na primeira volta. União Nacional de Marine Le Pen tem o melhor resultado de sempre, elegendo um número de deputados muito superior ao previsto por qualquer sondagem.

Emmanuel Macron
Fotogaleria
Emmanuel Macron sem maioria na Assembleia Nacional EPA/Michel Spingler / POOL
jeanluc-melenchon,eleicoes-franca,emmanuel-macron,mundo,marine-le-pen,franca,
Fotogaleria
Jean-Luc Mélenchon tinha como objectivo chegar a primeiro-ministro, mas declarou vitória ainda assim EPA/YOAN VALAT
jeanluc-melenchon,eleicoes-franca,emmanuel-macron,mundo,marine-le-pen,franca,
Fotogaleria
Marine Le Pen é uma das grandes vencedoras da noite, ao multiplicar por mais de onze o número de deputados na Assembleia EPA/CHRISTOPHE PETIT TESSON

A coligação de partidos que apoia Emmanuel Macron venceu a segunda volta das eleições legislativas francesas mas não vai manter a maioria absoluta na Assembleia Nacional. São necessários 289 deputados para conseguir a maioria parlamentar e a aliança presidencial (Juntos) deverá arrecadar um máximo de 240 lugares, segundo as projecções.

Sugerir correcção
Ler 76 comentários