Pedro Costa-Rui Chafes-Paulo Nozolino: um diálogo de sombras no Centro Pompidou

Os três artistas apresentam agora em Paris Le reste est ombre, uma exposição que não resulta propriamente de um trabalho de equipa. “Nós juntámo-nos, mas há aqui fricções entre as linguagens, as imagens, os sons”, admite Rui Chafes.

Foto
Pedro Costa, "As filhas do fogo", e Rui Chafes, "As tuas mãos" André Cepeda / Blues Photography Studio/ cortesia pompidou

Entra-se na obscuridade e sai-se com pouca luz da experiência de visita à exposição Le reste est ombre. Pedro Costa, Rui Chafes, Paulo Nozolino, que esta quarta-feira abre ao público no Centro Pompidou, em Paris.

Sugerir correcção
Comentar