Nova estação de tratamento de resíduos da Valorsul gera contestação em Arruda

Empresa quer investir 100 milhões de euros para instalar Estação de Tratamento e Valorização Orgânica na freguesia de Arranhó. Câmara não tomou decisões e promete ouvir a população.

Foto
ETVO na Amadora

A Valorsul quer investir cerca de 100 milhões de euros na instalação de uma nova Estação de Tratamento e Valorização Orgânica (ETVO) que permita triplicar a sua capacidade de tratamento de resíduos orgânicos de restaurantes, cantinas, mercados e hotéis. A actual ETVO da Valorsul, instalada em 2005 no concelho da Amadora, já se revela limitada para os objectivos da empresa, que encontrou no concelho de Arruda dos Vinhos uma localização viável para a construção da nova estação. Os primeiros contactos com a Câmara de Arruda iniciaram-se há dois meses e o processo foi tornado público nos últimos dias, mas já está a gerar muita controvérsia neste concelho do Oeste.

Sugerir correcção
Comentar