Sun Ra Arkestra, Rodrigo Brandão e uma constelação portuguesa ao vivo em Setembro

Marsall Allen, 97 anos, líder da Sun Ra Arkestra, viaja com dois membros do combo. Em Portugal, juntar-se-á ao brasileiro Rodrigo Brandão, artista da palavra falada e do fervor poético activista, e a nomes destacados do jazz nacional para actuações em Coimbra, Lisboa, Braga e Leiria. O cosmos não será o limite.

rodrigo-amado,concertos,culturgest,jazz,culturaipsilon,musica,
Fotogaleria
Marshall Allen e Knoel Scott SESC São Paulo
rodrigo-amado,concertos,culturgest,jazz,culturaipsilon,musica,
Fotogaleria
Rodrigo Brandão Betto Assem

Um encontro cósmico, não há outra forma de o definir. Serão quatro concertos, encontro de músicos unidos na exploração, na expressão do momento, som e palavra em busca de algo maior, olhar atento às aventuras e desventuras na Terra, antenas ligadas aos mistérios do cosmos. Marshall Allen, que festejará 98 anos esta quarta-feira, actual líder da Sun Ra Arkestra, acompanhado de dois membros da banda. Rodrigo Brandão, brasileiro radicado em Lisboa, homem de passado no hip-hop, presente na palavra falada, no fervor poético activista, no jazz, na improvisação livre. Uma constelação de músicos de proa do jazz e da música improvisada portuguesa, como Rodrigo Amado, Hernâni Faustino, Pedro Melo Alves ou Luís Vicente. Em Setembro, todos reunidos. O cometa passará por Coimbra (Jazz Ao Centro Clube, dia 22), Lisboa (Culturgest, dia 23), Braga (gnration, dia 24) e Leiria (Teatro José Lúcio da Silva, dia 25).

Sugerir correcção
Comentar