Dez anos depois do nascimento da Corações com Coroa, Catarina Furtado mantém aposta na autonomia das mulheres

A associação, fundada pela embaixadora da Boa Vontade da ONU, quer chegar à Madeira e aos Açores e apostar em São Tomé e Príncipe. No sábado, a escritora moçambicana Paulina Chiziane é a convidada de honra da conferência que assinala os dez anos da organização.

NFS Nuno Ferreira Santos - 11 Maio 2022 -  Catarina Furtado ++ nos 10 anos do projecto Coracoes com Coroa�
Fotogaleria
Catarina Furtado celebra os dez anos do projecto Corações com Coroa Nuno Ferreira Santos
NFS Nuno Ferreira Santos - 11 Maio 2022 -  Catarina Furtado ++ nos 10 anos do projecto Coracoes com Coroa�
Fotogaleria
Associação foi criada para "empoderar" raparigas e mulheres Nuno Ferreira Santos

Dez anos depois do nascimento da Associação Corações com Coroa (CCC), que surgiu “por necessidade” de “apoiar, informar e capacitar” raparigas e mulheres, Catarina Furtado, a apresentadora e presidente da organização, faz um balanço positivo. No sábado, assinala-se o aniversário no Teatro da Trindade, em Lisboa, com a X Conferência Corações com Coroa, e a convidada de honra é a escritora moçambicana Paulina Chiziane, uma “defensora das mulheres e da igualdade de género”, define a embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População.

Sugerir correcção
Comentar