Braga plantou mais de mil árvores nos últimos dois anos mas cidade continua a cozer num caldeirão de betão

Em dias quentes, como se esperam neste fim-de-semana, o calor assola quem visita o centro da cidade de Braga. A ausência de árvores no espaço urbano é uma das principais razões que ajuda a explicar o fenómeno.

Foto
Na Avenida da Liberdade impera o betão e ainda foram abatidas árvores jos Joao Silva

Em Fevereiro de 2021, a paisagem da zona pedonal da Avenida da Liberdade, uma das mais movimentadas da cidade de Braga, ficou desprovida de dez das 42 árvores que a compunham. Em causa, o abate de uma dezena de ulmeiros, tendo-lhes sido identificado um fungo - “a grafiose do ulmeiro”-, justificou, à época, o vereador com o pelouro do Ambiente, Altino Bessa.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários