Só um em cada cinco angolanos confia na comissão de eleições

São poucos os que parecem acreditar que a reforma eleitoral promovida pelo MPLA em Novembro traga mais transparência às eleições de Agosto. Partido no poder acredita numa “vitória retumbante” de João Lourenço.

Foto
Presidente João Lourenço foi a Cabinda inaugurar obras e fazer campanha para as eleições de Agosto AMPE ROGÉRIO/LUSA

Com uma Comissão Nacional de Eleições (CNE) dominada pelo partido no poder em Angola, uma lei eleitoral, alterada em Novembro, que centraliza em Luanda a contagem de votos, não havendo sequer actas nas mesas eleitorais, nem nas assembleias de voto, não admira que haja poucos angolanos a confiar no organismo que gere as eleições em Angola.

Sugerir correcção
Comentar