O mundo mudou: agora há “Zoom-Free Fridays”

Oferecer “sextas-feiras sem Zoom” já vale dinheiro. O futuro do trabalho não é só robôs a substituir humanos. Também é menos horas de Zoom.

Começo por pedir desculpa ao leitor que fica triste sempre que uso uma palavra em inglês. Desta vez, não é uma. São três e logo no título.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários