Despojos de Guerra é a Guerra Colonial como nunca a vimos: a cores

Série documental de quatro episódios assinada por Sofia Pinto Coelho estreia-se este sábado na Opto. O primeiro episódio, A Informadora, conta a história de Sebastiana Valadas, que juntamente com o marido, Avelino Durães, foi informadora da PIDE em Angola.

Foto
Sebastiana Valadas e o seu marido, Avelino Durães, em Angola Imagem da série "Despojos de Guerra", de Sofia Pinto Coelho

É a cores que nos chegam as histórias de espionagem, patriotismo, sobrevivência e romance durante a Guerra Colonial contidas e contadas em Despojos de Guerra, a série documental assinada por Sofia Pinto Coelho que se estreia este sábado na Opto. A co-produção da Blablabla Media e da SIC, com apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual, recorre a imagens de arquivo originalmente captadas a preto e branco, que foram submetidas a um processo de colorização.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Comentar