Toneladas de lixo associadas à covid-19 destapam a necessidade de uma melhor gestão dos resíduos

Num novo relatório, a Organização Mundial da Saúde deixa recomendações para se melhorar a gestão dos resíduos a nível mundial, nacional e de cada unidade de saúde.

Foto
A questão do lixo associado à covid-19 tem vindo a ser levantada Unsplash

Para fazer frente ao coronavírus SARS-CoV-2, têm vindo a ser usadas dezenas de milhares de toneladas de equipamentos de protecção individual, para diagnóstico ou para as vacinas. Muito desse material hospitalar extra acaba por se tornar lixo e tem colocado sob pressão sistemas de gestão de resíduos ligados à saúde, destapando assim a necessidade de uma melhoria na sua gestão, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS) num relatório divulgado esta terça-feira. Nesse documento, são deixadas recomendações para uma melhor gestão desses sistemas.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários