Susanne Themlitz deixa-se fascinar pela paisagem de um jardim

Em Almada, o Chão das Artes faz 20 anos. Susanne Themlitz foi convidada para trabalhar a partir deste jardim.

Foto

Há um jardim que está na génese desta exposição: o da Casa da Cerca, do qual, nada por acaso, se celebra este ano o vigésimo aniversário. Logo, deste lado da equação, temos um jardim integrado numa estrutura museológica da Câmara Municipal de Almada, que apresenta características muito particulares. Do outro, uma artista, Susanne Themlitz, que sempre (mas não exclusivamente) trabalhou o conceito de paisagem. “No fundo, ando sempre à volta da paisagem”, diz-nos no começo da nossa conversa, para logo se entusiasmar com a história que descobriu a propósito deste jardim.

Sugerir correcção
Comentar