Eles não abdicam do Parque Gerações e querem levar a sua defesa ao Parlamento

Utilizadores temem que parque seja encerrado para que seja feita a ligação entre a marginal e o bairro da Quinta da Carreira, eliminando assim a passagem de nível de São João do Estoril. Foi lançada uma petição que, em cinco dias, reuniu perto de seis mil assinaturas. O objectivo será fazer chegar o documento à Assembleia da República. Câmara reafirma que parque dedicado à prática de skate não será destruído.

Foto
Parque das Gerações foi inaugurado em 2013 Nuno Ferreira Santos

Nas últimas semanas, o futuro do Parque das Gerações, em São João do Estoril, tem sido questionado por utilizadores e moradores da zona, que temem que o espaço possa ser destruído para ali passar uma via que ligue a estrada marginal ao interior do bairro. Por isso, em jeito de protesto, um grupo de utilizadores do espaço rumou esta terça-feira até aos Paços do Concelho para procurar mais detalhes sobre o que ali se fará. Como resposta ouviram o que tem sido repetido pelo município: “O Parque das Gerações não vai acabar”, garantiu-lhes o presidente da câmara, Carlos Carreiras, sublinhando que a passagem em túnel para ali prevista — e não uma estrada como temem os moradores e utilizadores — não afectará a actividade do parque.

Sugerir correcção
Comentar