Pinhal de Leiria vai ter menos autóctones que o previsto e outro modelo de exploração

Plano de Gestão Florestal da Mata Nacional de Leiria entra hoje em consulta pública. Maioria do pinhal foi destruído nos incêndios de 2017.

Foto
Pinhal de Leiria foi devastado pelos fogos em 2017 Adriano Miranda

O Pinhal de Leiria, que em 2017 viu 9,5 mil dos seus 11 mil hectares consumidos pelas chamas, vai ter menos árvores autóctones do que o previsto inicialmente e um modelo de exploração diferente ao que estava em vigor antes do incêndio.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários