A vidinha

Muitas vezes, nos filmes, livros, canções, ou em alguns momentos da vida, onde nada parece acontecer, é onde tudo o que é essencial está a acontecer.

Ano novo. Renovam-se os desejos. Há metas a que nos propomos individualmente. Há desígnios que têm de ser alcançados, diz-nos o patrão. Há paradigmas a ser implementados garante o Estado. É preciso uma nova atitude gritam-nos os amigos. Todos dizem que não podemos desistir. Que temos de continuar. Que somos necessários. E nós lá vamos. Muitas vezes em círculos. Mas valorizando essa deslocação. Associando-a a estar vivo.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários