Jorge Lacão: “PS não deve criar obstáculos à governação” de um PSD minoritário

O deputado admite, “como democrata”, que o PS venha a viabilizar, através da abstenção, um governo minoritário do PSD. Com linhas vermelhas: não pode haver retrocessos nos direitos sociais.

Foto
O deputado socialista está de saída da Assembleia da República Rui Gaudencio

Jorge Lacão decidiu, por vontade própria, deixar o Parlamento. Era deputado desde 1983 e foi protagonista da revisão constitucional de 1997, enquanto líder parlamentar do PS, quando se abriu a porta aos círculos uninominais em Portugal. Mas 25 anos passados, PS e PSD nunca conseguiram chegar a acordo para uma reforma que “cria uma maior responsabilidade na relação entre eleito e eleitor”. Hoje, véspera de eleições, “praticamente ninguém sabe quem são os candidatos que se apresentam nos diversos círculos eleitorais”. Pode assistir a esta entrevista na íntegra no programa Interesse Público, no site do PÚBLICO.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários