A 27 de Novembro, uma Fugas dedicada ao vinho

A edição de Inverno do Especial Vinhos da Fugas chega às bancas com o PÚBLICO de 27 de Novembro.

Foto

Este ano, alimentamos a esperança de voltar a ter Natal. Aquele que idealizamos como ideal: mesa farta, família em redor, corações cheios. E vinho no copo, a tornar tudo isto ainda melhor. Não podemos, contudo, deixar de olhar pelo retrovisor. 

Está aí mais uma Fugas Especial Vinhos, e logo à partida é lançada uma questão: o que fez a pandemia ao consumo de vinho? Como mudou o comportamento do consumidor, que tipo de vinhos melhor sobreviveu aos tempos de aperto, como saíram os produtores deste embate? 

No presente e futuro dos vinhos, é também fundamental medir o pulso às tendências, matéria que tem já lugar cativo nestes números temáticos da Fugas. Na nossa mesa de provas fala-se de vinhos associados aos solos, que tomam o perfil geológico da vinha como assinatura. Fala-se de enólogos que importa seguir, mas também de vinhos fáceis, modernos, sem arestas. E retoma-se o já longo e entrincheirado debate em torno dos vinhos naturais. 

A tradição, porém, não é posta de parte. Até porque importa falar sobre a sua reinvenção assinada pelos Nicolau de Almeida. Ou sobre os 25 anos da Viniportugal. 

E recorda-se o que ninguém esquecerá: é tempo de pensar no Natal. Lá estará uma montra de vinhos que dão presentes fantásticos, bem como uma selecção a preços contidos pensada para acompanhar a ceia mais importante do ano. Brindemos! Ao primeiro Natal do resto das nossas vidas. 

O especial de vinhos de Verão da Fugas está nas bancas com o PÚBLICO de sábado, 27 de Novembro. Para consumo imediato, estará também disponível no site da Fugas.