No Japão, falar de política é tabu. Mas há jovens activistas a tentar mudar o cenário

Num país com taxas persistentemente baixas de participação de eleitores mais jovens, os activistas políticos no Japão enfrentam dificuldades únicas. Simplesmente falar sobre política e votar desafia as normais culturais dos jovens japoneses.

Foto
Activistas do movimento Minna no Mirai 2021, uma coligação de organizações que defendem vários assuntos sociais. Os organizadores juntaram-se para colocar questões aos políticos japoneses sobre temas que importam aos eleitores jovens. Ayaka Machida

Eles inundaram o Instagram e o Twitter com informação sobre o voto. Desenharam cartazes deslumbrantes, lançaram campanhas com hashtags, filmaram vídeos de celebridades. Até ofereceram descontos em lojas badaladas.

Sugerir correcção
Comentar