Agência Europeia aconselha uso de emergência de comprimido anticovid antes da sua aprovação

Apesar de o medicamento ainda não ter sido aprovado, a Agência Europeia do Medicamento aconselhou uso de emergência do antiviral molnupiravir.

Foto
Comprimido antiviral demonstrou ser capaz de reduzir para metade o risco de hospitalização João Guilherme/ Arquivo

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) anunciou que vai acelerar o processo de avaliação do antiviral contra a covid-19 proposto pela farmacêutica MSD/ Merck Sharp & Dohme. Marco Cavaleri, chefe da estratégia de vacinas da EMA, confirmou esta quinta-feira que ainda não existe aprovação final para o medicamento conhecido como molnupiravir, mas disse também que recomenda que os Estados-membros disponibilizem o comprimido para uso de emergência antes da autorização oficial da EMA. A Pfizer também já veio esta sexta-feira anunciar que o seu antiviral será ainda mais eficaz e que vai pedir “em breve” uma autorização à agência FDA, nos EUA. 

Sugerir correcção
Ler 1 comentários