O Credit Suisse e as “observações”

O eufemismo criou um esforço inútil. Bastaria chamar as coisas pelos nomes. Agora já sei: quando o Credit Suisse diz “observar”, quer dizer “espiar”. Com isto, distraí-me do roubo de Moçambique.

Demorei a perceber o significado da palavra “observações” usada nove vezes no comunicado desta semana no qual o banco Credit Suisse admite ter violado a lei e defraudado investidores num empréstimo a Moçambique.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários