Os imbecis

O problema da democracia, seja no mundo digital, ou fora dele, é que está enfraquecida. E não é por imbecis.

“As redes sociais deram voz a uma legião de imbecis”, afirmou em 2015 o escritor e filósofo Umberto Eco, numa frase que tem sido replicada até à exaustão desde então, enfatizando que “o drama da internet é que promoveu o ‘idiota da aldeia’ a portador da verdade.” Sempre que as redes são alvo de discussão pública, como tem acontecido nas últimas semanas, a propósito da paralisação de horas de algumas delas, dos impactos na democracia, das polarizações ou da proliferação de teorias da conspiração ou de negação, essa sentença é novamente partilhada.