Elenco de luxo para CJ Cup em Las Vegas

É o primeiro grande torneio da nova época do PGA Tour, com sete jogadores do top-10 mundial

Foto
O The Summit Club, com vista para a strip de Las Vegas, recebe a CJ Cup pela primeira vez © CJ Cup

Pela segunda semana seguida, o PGA Tour está em Las Vegas, Nevada, para a quinta edição da CJ Cup, entre quinta-feira e domingo no The Summit Club. É o quarto torneio da nova temporada do PGA Tour (2021-2022) e o primeiro com um field de alto nível, o que se compreende por ter um total de prémios monetários apetecível, de 9,75 milhões de dólares, e por ser reservado aos 60 primeiros do campeonato da FedEx Cup da última época (2020-2021), mais outras isenções e wild cards do title sponsor, num total de 78 jogadores.

Estão presentes sete dos 10 primeiros do ranking mundial, 36 do top-50 e 17 dos 24 “internacionais” que competiram no final de Setembro na Ryder Cup, no Whistling Straits Golf Club, no estado do Wyoming, em representação das selecções da Europa e dos EUA. 

Dos europeus, a prova conta com os ingleses Tommy Fleetwood, Ian Poulter, Paul Casey e Tyrrell Hatton, o norueguês Viktor Hovland, o norte-irlandês Rory McIlroy, o espanhol Sergio Garcia e o irlandês Shane Lowry. 

Entre os americanos, Justin Thomas, Dustin Johnson, Xander Schauffele, Tony Finau, Harris English, Jordan Spieth, Scottie Scheffler, Collin Morikawa e Brooks Koepka… 

Justin Thomas é um duplo campeão da CJ Cup, venceu na estreia do torneio em 2017 e em 2019, Koepka ganhou em 2018, sendo que estas três primeiras edições jogaram-se no The Club at Nine Bridges, em Jeju Island, na Coreia do Sul. A última edição, em 2020, jogou-se já em Las Vegas, mas no palco de Shadow Creek, com triunfo do também norte-americano Jason Kokrak. 

Os jogadores do top-10 mundial presentes são os seguintes: Dustin Johnson (2.º), Collin Morikawa (3.º), Xander Schauffele (5.º), Justin Thomas (6.º), o sul-africano Louis Ooshtuizen (8.º), Brooks Koepka (9.º) e Tony Finau (10.º). Actualmente o único europeu dentro dos 10 primeiros do ranking é o n.º 1, o espanhol Jon Rahm, que está ausente tal como Patrick Cantlay (4.º), campeão da FedEx Cup 2020-2021, e Bryson DeChambeau (7.º). 

O ano passado, Jason Kokrak conquistou aqui o seu primeiro título no PGA Tour ao cabo de nove anos e 233 torneios, totalizando 268 (-20) em Shadow Crekk para ganhar com duas pancadas de vantagem sobre Xander Schauffele. Tyler Hatton e Russel Henley partilharam o terceiro lugar e Talor Gooch completou o top-5. 

Para esta semana, destaque também para os três vencedores da corrente época: o sul-coreano Sungjae Im, no último domingo no Shriners Hospitals Children, com uma sensacional última volta de 62 (-9) no TPC Summerlin, para ganhar com quatro de vantagem sobre a concorrência; o norte-americano Sam Burns, que na semana precedente conquistou o Sanderson Farms Championship, no Country Club of Jackson, no Mississipi. E Max Homa, que arrecadou o primeiro troféu da época no Fortinet Championship, em Napa, Califórnia. 

O torneio joga-se em quatro voltas de 18 buracos para um total de 72 buracos, sem cut aos 36 – todos os jogadores competem até ao fim. O vencedor arrecada 1,75 milhões de dólares, o segundo um milhão e 50 mil dólares e o último ainda tem direito a $15 mil. O campo é de par 72.

Como é habitual, nos dois primeiros dias os jogadores são integrados no mesmo grupo de três, e só a partir de sábado a ordem de saída dos mesmos é por ordem inversa de classificações, ou seja, os melhores classificados vão saindo por últimos. 

Para quinta e sexta-feira, os chamados featured groups, os trios em destaque, são os seguintes: 

Louis Oosthuizen/Brooks Koepka/Jordan Spieth 

Dustin Johnson/Xander Schauffele/Viktor Hovland 

Rory McIlroy/Justin Thomas/Jason Kokrak 

Collin Morikawa/Sungjae Im/Hideki Matsuyama 

A CJ Cup será transmitida em directo no Eurosport 2 de quinta a domingo, a partir das 22h.

Veja mais em www.golftattoo.com