A esquerda regressa às ruas contra Bolsonaro e quer recuperar o “verde e amarelo”

Os principais partidos de esquerda organizam manifestações em todo o país para mostrar a sua força mobilizadora, mas é improvável que consigam atrair outros sectores opositores.

Foto
A esquerda mobilizou-se em menor número no Dia da Independência do Brasil, a 7 de Setembro Sebastiao Moreira / EPA

A oposição ao Presidente Jair Bolsonaro quer mostrar a sua força este sábado nas principais cidades do país, esperando capitalizar com o momento mais frágil do chefe de Estado desde que chegou ao poder.