Arsenal convence no “derby” de Londres

“Gunners” triunfam por 3-1 sobre o Tottenham de Nuno Espírito Santo. Técnico português sofreu terceira derrota consecutiva na Premier League.

Foto
Saka e Aubameyang marcaram dois dos três golos do Arsenal Reuters/DYLAN MARTINEZ

Depois de um início promissor, três vitórias consecutivas (uma delas frente ao Manchester City), o Tottenham vai de derrota em derrota. A equipa de Nuno Espírito Santo sofreu neste domingo o terceiro desaire seguido e num jogo de especial significado, o “derby” do norte de Londres frente ao Arsenal por 3-1.

Foi uma exibição dominadora da formação orientada por Mikel Arteta, sobretudo na primeira parte, em que marcou os seus três golos, aproveitando em pleno as grandes debilidades dos “spurs” em defender um ataque veloz. Emile Smith-Rowe abriu o activo aos 12’, respondendo da melhor forma a um cruzamento rasteiro de Saka, e Aubameyang elevou para 2-0 aos 27’, num rápido contra-ataque conduzido por Rowe. Saka fechou as contas da primeira parte aos 34’ em mais uma jogada de transição rápida.

Os “gunners” abrandaram um pouco na segunda parte e deram algum espaço para o Tottenham tentar recuperar. Harry Kane teve um par de oportunidades para bater Ramsdale e até sofreu um penálti que não foi assinalado, mas o melhor que a equipa de Nuno Espírito Santo conseguiu foi reduzir para 3-1 aos 79’, por Son.

A vitória no “derby” foi mais uma prova de que o Arsenal, que ainda teve Nuno Tavares em campo nos últimos minutos, está em franca ascenção. Depois de ter perdido os três primeiros jogos na Premier League, venceu os três seguintes e apanhou na classificação o Tottenham, que está numa fase negra, a perder consecutivamente.