30 anos de Nevermind e as bizarras histórias de uma Seattle esquecida

No dia em que se assinala o 30.º aniversário de Nevermind, o icónico álbum dos Nirvana, recuperamos o percurso de bandas e artistas que antecederam o grunge e mediram o pulso de uma cidade que foi uma terra isolada antes de, por um breve momento na história, ser o “epicentro da música popular”.

Foto
Mark and Colleen Hayward/Getty Images

 A história foi contada recentemente no podcast do músico Joseph Arthur: o ano era 1990 e Barrett Martin, então baterista de um grupo de Seattle chamado Skin Yard, estava numa sala de concertos em São Francisco com Jack Endino — guitarrista dos Skin Yard que recentemente produzira Bleach, o primeiro álbum dos Nirvana, lançado em 1989 pela editora Sub Pop — para assistir a uma actuação da banda Scream com Kurt Cobain e Krist Novoselic (vocalista e baixista dos Nirvana, respectivamente). A meio do espectáculo, Martin aproximou-se de Novoselic e disse-lhe qualquer coisa como: “É melhor trazerem aquele baterista para a vossa banda antes que alguém se antecipe.”