Boavista regulariza situação salarial

Liga Portuguesa de Futebol Profissional confirmou que todos os clubes da I Liga demonstraram a inexistência de dívidas entre Maio e Agosto.

Foto
Boavista regularizou situação junto da LPFP LUSA/MIGUEL A. LOPES

O Boavista cumpriu esta quinta-feira a obrigação de demonstrar a inexistência de dívidas salariais a jogadores e treinadores no período de Maio a Agosto, confirmou a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

“O clube passa a ter a sua situação regularizada, o que faz com que todos os emblemas da I Liga tenham demonstrado o rigoroso cumprimento das suas obrigações salariais dentro dos prazos regulamentados”, informou, em comunicado no sítio oficial na Internet.

Na segunda-feira, a Liga de clubes anunciou que Boavista e Académica, do segundo escalão, ainda não tinham comprovado a inexistência de dívidas salariais entre Maio e Agosto, tendo aquele organismo concedido aos clubes 15 dias para regularizarem a situação.

Os “axadrezados” garantiram no mesmo dia ter esse processo regularizado, que estaria “apenas dependente de questões burocráticas” junto do organismo presidido por Pedro Proença, sendo que fonte do clube disse “estranhar que esta situação tenha ocorrido precisamente após o clube ter tomado uma posição de força nos últimos dias”.