Covid-19 em Portugal: mais 11 mortes e 780 infecções. Internamentos voltam a descer

Há actualmente 455 doentes internados, o que representa uma descida de 16 pessoas em relação ao dia anterior.

Foto
Paulo Pimenta

Portugal registou, na segunda-feira, mais 11 mortes e 780 casos de infecção pelo novo coronavírus. Os dados constam do boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira. No total, o país contabiliza 17.925 óbitos por covid-19 e 1.063.100 casos confirmados desde Março de 2020.

Há actualmente 455 doentes internados, o que representa uma descida de 16 pessoas em relação ao dia anterior. As hospitalizações retomam assim a tendência decrescente que tinham há já seis dias consecutivos, antes de terem subido esta segunda-feira. Entre as hospitalizações, 78 são em unidades de cuidados intensivos, menos quatro doentes do que no último balanço. Trata-se do sexto dia seguido em que os internamentos naquelas unidades descem.

Quatro dos 11 óbitos foram verificados em Lisboa e Vale do Tejo, três no Alentejo, dois no Norte, um no Centro e um no Algarve. Entre as vítimas mortais contam-se um homem com idade entre os 50 e os 59 anos, um homem na faixa etária dos 60 aos 69 anos, uma mulher e um homem com idades entre os 69 e os 70 anos, cinco homens e duas mulheres com mais de 80 anos. 

No que diz respeito às infecções, foi a Norte que se registou o maior número de novos casos, com a região a somar 324 doentes. Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo com 242 infecções, o Centro com 103, o Algarve com 48 e o Alentejo com 39. A Região Autónoma da Madeira somou 16 casos e os Açores mais oito.

De acordo com a DGS, recuperaram da doença 1805 pessoas em 24 horas, contabilizando-se agora um total de 1.012.577 recuperados.

O boletim da DGS dá ainda conta de 32.598 casos activos da doença, menos 1306 em relação a domingo. Este número é conseguido depois de subtraídos o número de mortes e de recuperados ao número total de casos.