Manchester City perde pontos. Liverpool e Arsenal vencem

Equipa de Pep Guardiola recebeu, este sábado, o Southampton e empatou 0-0, em jogo da quinta jornada da Premier League. Liverpool continua invicto e sobe à liderança do campeonato inglês.

Foto
O campeão inglês Manchester City empatou na recepção ao Southampton Reuters/PHIL NOBLE

O Manchester City - com João Cancelo, Bernando Silva e Rúben Dias a titulares - não foi além de um empate sem golos na recepção ao Southampton, este sábado, em jogo da quinta jornada da Premier League.

Numa primeira parte sem grandes oportunidades para ambas as equipas, destaque para as duas ocasiões em que os “citizens” estiveram perto de inaugurar o marcador: Raheem Sterling fez um remate perigoso aos 27 minutos e já perto do intervalo foi Gabriel Jesus a levar perigo à baliza de McCarthy.

Aos 61 minutos, a equipa de Pep Guardiola ainda ficou reduzida, momentaneamente, a dez unidades - Kyle Walker viu cartão vermelho directo por falta dentro da grande área -, mas, após a consulta do VAR, o árbitro Jonathan Moss acabou por reverter a decisão.

A quatro minutos do apito final, Sterling podia ter feito o 1-0, mas dominou mal a bola e o lance acabou por não dar em nada. Logo depois, foi Kevin De Bruyne a rematar com perigo, mas a defesa do Southampton cortou a bola. O Manchester City ainda marcou já nos 90 minutos, mas o golo acabou por ser invalidado por fora-de-jogo.

Com este resultado, a equipa de Pep Guardiola soma 10 pontos e está, provisoriamente, no segundo lugar da Liga inglesa. O Southampton tem agora quatro pontos.

Liverpool e Arsenal com vitórias

No outro jogo da tarde deste sábado, o Liverpool recebeu e goleou o Crystal Palace por 3-0, numa partida em que Diogo Jota alinhou de início, tendo sido substituído aos 76 minutos.

Foi o Liverpool quem dispôs das melhores ocasiões: primeiro por Jordan Henderson (16'), depois por Thiago Alcantara (38'), com Diogo Jota a deixar também um aviso aos 40 minutos. Mas o golo viria mesmo a surgir antes do intervalo com Sadio Mané a aproveitar um ressalto e a fazer o 1-0.

Depois de ter ameaçado minutos antes, Mohamed Salah ampliou a vantagem para os “reds” aos 79 minutos, ao aproveitar uma bola perdida dentro da área.

O resultado final ficou fechado já em cima do minuto 90 com assinatura de Naby Keita. O Liverpool continua invicto na Premier League, soma 13 pontos (quatro vitórias e um empate) e é líder. O Crystal Palace mantém os mesmos cinco pontos.

Também o Arsenal - com Cédric Soares e Nuno Tavares a começaram a partida no banco - venceu este sábado no terreno do Burnley por 1-0. O único golo do encontro foi marcado por Martin Odegaard de livre directo aos 30 minutos.

Nuno Tavares ainda entrou no jogo aos 78 minutos, com o resultado a não sofrer mais alterações. Com este triunfo o Arsenal soma seis pontos (duas vitórias e três derrotas) e está, provisoriamente em 12.º lugar. O Burnley mantém apenas um ponto.