No Caminho das Gravuras Rupestres: um passeio TT em tempos de pandemia

O Clube Escape Livre, em associação com entidades locais, organiza diversos passeios com lotação limitada e respeitando as regras sanitárias, que incluem cultura, gastronomia, natureza e uma pitada de adrenalina.

vila-nova-foz-coa,meda,douro,fugas,patrimonio,arqueologia,
Fotogaleria
Clube Escape Livre
vila-nova-foz-coa,meda,douro,fugas,patrimonio,arqueologia,
Fotogaleria
Clube Escape Livre
vila-nova-foz-coa,meda,douro,fugas,patrimonio,arqueologia,
Fotogaleria
Longroiva Hotel Clube Escape Livre
vila-nova-foz-coa,meda,douro,fugas,patrimonio,arqueologia,
Fotogaleria
Clube Escape Livre
vila-nova-foz-coa,meda,douro,fugas,patrimonio,arqueologia,
Fotogaleria
Clube Escape Livre
,Rio Côa
Fotogaleria
Clube Escape Livre
,Rio Côa
Fotogaleria

Em 2020, em pleno surto pandémico, com as restrições daí decorrentes, diversas empresas ligadas ao turismo solicitaram ao Clube Escape Livre, que organiza passeios todo-o-terreno, a criação de um evento que, respeitando as normas impostas, pudesse de alguma forma minorar o impacto negativo na actividade turística. Foi assim que nasceu o passeio No Caminho das Gravuras Rupestres, numa rota entre o Côa e o Douro, em diversas datas e com grupos limitados a vinte pessoas e dez veículos.