Advogados que defenderam queixas de Trump vão receber formação em lei eleitoral

Tribunal dos EUA condena Sidney Powell e outros advogados pró-Trump a frequentarem aulas de reciclagem. Juíza acusa-os de terem “aviltado” o processo judicial com “especulações, conjecturas e suspeições” sobre os resultados da eleição presidencial de 2020.

Foto
Uma das visadas é Sidney Powell, porta-voz de teorias da conspiração sobre a eleição presidencial de 2020 Reuters/Elijah Nouvelage

Nove advogados norte-americanos que pediram a anulação da vitória eleitoral de Joe Biden no estado do Michigan, na eleição presidencial de Novembro 2020, foram condenados a frequentar um curso de reciclagem jurídica sobre leis eleitorais e podem vir a ser impedidos de exercer a profissão nos seus estados.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários