EUA mobilizam aviação comercial para acelerar retirada de Cabul

Pela terceira vez em 70 anos, as companhias aéreas norte-americanas foram chamadas a participar numa operação militar. EUA admitem lançar missões de resgate fora do aeroporto de Cabul, onde ainda estão mais de dez mil norte-americanos.

eua,mundo,taliban,afeganistao,medio-oriente,
Fotogaleria
Reuters/OBTAINED BY REUTERS
eua,mundo,taliban,afeganistao,medio-oriente,
Fotogaleria
Os aviões comerciais vão voar para países vizinhos do Afeganistão, e não para o aeroporto de Cabul Reuters/US MARINES
eua,mundo,taliban,afeganistao,medio-oriente,
Fotogaleria
Afegãos autorizados a sair para os Estados Unidos descansam num ginásio EPA/Airman 1st Class Kylie Barrow / US Central Command Public Affair

A lentidão na retirada dos cidadãos norte-americanos e afegãos que continuam retidos no aeroporto de Cabul e noutras partes da capital afegã, uma semana depois de os taliban terem assumido o poder no Afeganistão, levou a Casa Branca a activar uma frota especial de aviões comerciais que só tinha sido mobilizada por duas vezes nos últimos 70 anos.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários