Portugal investiu 1,58% do PIB em ciência em 2020

Dados provisórios do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional foram divulgados esta sexta-feira. Governo apregoa um “novo máximo histórico” de despesa total em I&D.

Foto
daniel rocha

Mais um ano, mais um anúncio de um “novo máximo histórico” na despesa total em investigação e desenvolvimento em Portugal. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior anunciou esta sexta-feira que o país gastou 3203 milhões de euros em ciência durante 2020, o que representa um aumento de 1,41% para 1,58% do produto interno bruto (PIB). São os dados provisórios do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional (IPCTN).  Mas nem tudo são boas notícias.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários